MULHER, VOCÊ NÃO É TODO MUNDO!
(por GILMAR CARDOSO)